A Confraria tem por objeto o estudo, a defesa, o prestígio, a valorização, a promoção, a consolidação da qualidade e divulgação do Pão, da Regueifa e dos Biscoitos de Valongo, enquanto valores gastronómicos e de interesse económico local.
No âmbito da sua atividade e para a prossecução do seu objeto, são atribuições da Confraria, nomeadamente as seguintes:

  • Promover o estudo, a defesa, o prestígio, a valorização, a promoção, a preservação, a consolidação da qualidade e a divulgação do Pão, da Regueifa e do Biscoito de Valongo;
  • Relacionar a gastronomia do Pão, da Regueifa e do Biscoito de Valongo com a tradição, o turismo, o artesanato, a arte, a ciência, a cultura, a literatura e o ambiente;
  • Velar pela preservação e promover o conhecimento dos moinhos de água e de vento da área de atuação da Confraria.

As atribuições enunciadas anteriormente são prosseguidas através das seguintes ações:

  • Promoção e apoio de medidas tendentes à preservação da autenticidade do Pão, da Regueifa e do Biscoito de Valongo;
  • Promoção, organização, apoio ou patrocínio de encontros, convívios, visitas, provas, concursos ou festivais gastronómicos onde o Pão, a Regueifa e o Biscoito tenham especial relevância, com vista à sua divulgação numa perspetiva pedagógico-cultural;
  • Promoção do intercâmbio com organizações nacionais e estrangeiras no âmbito dos objetivos prosseguidos;
  • Apoio, promoção e reconhecimento do estudo e divulgação de trabalhos sobre o Pão, a Regueifa e o Biscoito de Valongo;
  • Valorização e reconhecimento do mérito de pessoas individuais e coletivas que, mercê do seu conhecimento e experiência adquirida, se destacam no labor dedicado à confeção genuína do Pão, da Regueifa e do Biscoito de Valongo.
  • Promoção da edição de material de informação.

Artigos do Baú …